quarta-feira, 5 de novembro de 2008

BATEU Á PORTA ERRADA MINHA "SENHORA"

Muitos dos milhões de visitantes diários do blog reparam no que se passou por aqui, o que nos obrigou a fazer certas mudanças. É pena que pessoas utilizem isto para esses efeitos...!
Minha "senhora", não temos cara de padres... DE LAMENTAR!!!!

7 comentários:

RUUULAAA TEAM disse...

Nós aqui apenas dizemos uma coisa em relação a este assunto..... SEM COMENTÁRIOS E MORRE AQUI O ASSUNTO!

FRINXAS disse...

Padre??? Eu??? Batina???
Também faz falta a certas pessoas que eu a use, porque sempre ficam... Á sombra!!!!!

NO COMENT

no flats disse...

mai nada... aqui apenas se fala de BIKES, BIKES, BIKES, pronto lá de vez em quando podemos falar de pedais, rodas, guiadores. Agora problemas pessoais não são para aqui chamados. PONTO FINAL PARAGRAFRO que bem escrevo lol

joao disse...

E alem do mais,isto não é nenhuma lavandaria para andar para aqui a lavar roupa suja.

carneiro disse...

rapazes, obrigado pela amizade.

Mas na minha tasca escarrapachei o coment da gaja - que correu os blogs dos meus amigos. Quiando não há nada a esconder, publica-se e quem lê aquilo percebe que é um conjunto de insultos movidos por alguém que não bate bem a bola.

Ela soube da história da outra psicopata e veio aproveitar a embalagem para mostrar que eu tenho muitos inimigos na blogosfera. Curiosamente, em contextos diferentes, vieram almoçar comigo ao Pereira e queriam de mim algo que eu não dei.

è advogada, por isso se preocupa tanto em denegrir a minha escrita, a minha argumentação, etc. Dor de cotovelo. A gaja nem português correcto sabe escrever.

Acaba por ser outra pobre coitada que se agarra á blogosfera em substituição dos afectos reais e palpáveis.

De algum modo, todos nós que andamos pela blogosfera o fazemos pelas mesmas razões. Só que alguns têm consciencia disso e não se esquecem que lá fora, na vida, existem pessoas com as quais privamos e partilhamos a vida pessoal, profissional ou social. Mas há uns coitados, cada vez mais coitadas, que confundem as duas dimensões, deixam de perceber onde acaba a vida e começa a blogosfera, apaixonam-se e odeiam realidades viruais e vão perdendo a capacidade de interagir com as pessoas concreta no concreto da vida.

è uma das doenças actuais. E como esta gente passa a focar na internet toda a sua vida, fazem destas coisas questões de vida ou de morte. Esta fulana chateou-se comigo há dois anos, o ano passado levou uma ensaboadela e um ano depois veio com pezinhos, com o pseudónimo de mafaldinha, tentar fazer travessuras.

Como disse um amigo que também lhe pagou um almoço noutra cidade depois de ela também se ter feito convidada, ela queria era Karaté alentejano. Eu não lhe dei e ela ficou ressabiada. Aquela da "pila pequena" é típica de gaja que pensou na pila. Se não tivesse pensado não tinha falado disso...

Enfim Torpedro, para a semana vamos almoçar, mas não quero cá paneleirices, hein ? ehehehe com esta é que te lixei ehehehehe.

vitor disse...

Esta agora por causa da Mafralda não temos direito a liberdade de expressão!!!
Abaixo a Mafralda...BBBBUUUUUUU

Gomes disse...

Essa senhora também tentou deixar o que a gente sabe no azuribike. De imediato esse comentario foi bloqueado pois como disse o joão, não é aqui que se lava roupa suja.